• Althierfson

7 áreas para trabalhar no mundo dos jogos

Atualizado: Abr 16

Olá caro leitor, voltei, e como prometido vou mostrar a você as as áreas de atuação mais promissoras no mundo dos jogos. Caso você não tenha visto meu último post, recomendo que dê uma olhada. Nele, eu falo sobre a oportunidade que a indústria de jogos pode ser, confere aqui!


Para fazer com que você entenda melhor, listei 2 áreas: desenvolvimento, e usando jogos. Em cada uma delas abordo as profissões envolvidas, e no final destaco porque as escolhi.


Não vou falar aqui de conhecimentos técnicos ou acadêmicos, apesar de que em muitas profissões a seguir esses conhecimentos são importantes, preferi focar mais em habilidades como criatividade, comunicação, liderança, etc.


Quando a galera pensa em jogos, geralmente já imagina um nerd escrevendo códigos, um desenhista e coisas assim… Essas coisas de fato existem, mas o foco desse post será em outras atividades desse universo.


Quanto a o valor do salário e “quanto ganha?” isso vou deixar na sua mão, porque depende de muitos fatores que mudam de acordo com o mercado, então, dá uma olhada por aí.


Área: Desenvolvimento


Algumas das atividades que são ligadas a essa área são:


Game Design



Esse senhor, ou senhora, é responsável pela gerência de todo o desenvolvimento de um jogo, desde de sua concepção, até o teste final. Esse profissional também pode se envolver diretamente com a programação e animação do jogo. Responsável principalmente pela definição de layouts, mecânicas, e criação dos personagens.


Se você for um Game Design você será o patrão, todos os desenhos, mecânicas, áudios, enredo do jogo, e outras coisas a mais, tudo isso tem que passar na sua mão, ou sair.


Esse profissional é em geral o mais experiente da equipe e com mais conhecimento no desenvolvimento.


Principais habilidades: Criatividade, gerência de equipe, colaboração, inteligência emocional e pensamento crítico. [1]


Artista



Nesse campo eu abordo o campo artístico em geral, como arte visual, animações e Arte Auditiva.


Um jogo precisa de um visual, e claro, de efeitos sonoros, bem como, uma música central, nem que seja única. Os artistas são os responsáveis por criar essas artes, seja uma trilha sonora completa ou só o som de um soco, uma flor no mapa até uma fortaleza espacial, eles deixam o jogo agradável aos olhos e ouvidos.


Eles são responsáveis por deixar o jogo vivo, fazer personagens e cenas transmitirem sentimento, criar músicas marcantes (Como a de God of War, minha opinião), imagens e animações épicas (a RockStar manda muito bem aqui, só acho, kkk ) é função dessa galera.


Principais habilidades: Criatividade, proatividade, comunicação, inteligência emocional, capacidade de tomar decisões;


Escritor



Bem, o nome já é bem descritivo, esse profissional é responsável por desenvolver a história do jogo, isso é, os diálogos, os plot twists, descrição da ambientação, do enredo, enfim, é um escritor.


Uma história bem elaborada pode ser o principal pivô para o sucesso de um jogo, muitos jogadores definem que a história é mais importante que gráficos e mecânicas complexas. (eu aproveito para dizer que concordo kkk.)


Apesar da importância desse profissional, alguns ramos dos jogos não necessitam dele, jogos mais simples por exemplo, aqueles casuais como os que você joga no celular.


Principais habilidades: Criatividade, comunicação, originalidade, inteligência emocional, escrita; (meio óbvio kk)


Testador



Esse camarada é responsável por ser o primeiro a jogar o jogo, mas não por diversão, sua responsabilidade é identificar bugs, testar a jogabilidade e mecânicas, para que o jogo chegue sem problemas para o consumidor final.


Imagine passar seus dias de trabalho jogando, parece um sonho? Mas não é bem por aí, você precisará testar mecânicas repetidas vezes e caminhar por cada espaço do mapa para garantir que não há qualquer problema, além de outras tarefas necessárias.


É importante também ser comunicativo para que você possa reportar bem os problemas encontrados.


Principais habilidades: Conhecimento de tecnologia, criatividade, proatividade, comunicação, pensamento crítico;


Desenvolvedor Indies



Antes de falar desse profissional quero explicar o que é um jogo indie, e isso é difícil, indie é a abreviação de Independent (Independente), não vou entrar na discussão aqui, mas para você saber existem dois lados no mundo dos jogos, os Desenvolvedores (Developers) e os Publicadores (Publishers).


Jogos indies em geral não possuem Publicadores, ou seja, empresas que que fazem o marketing e distribuição do jogo.


Em resumo o jogo indie, é feito por uma pequena equipe de desenvolvedores, com pouco orçamento, e sem financiamento ou conexão com grandes Publishers.


Então, o Desenvolvedor indie é um indivíduo quem se aventura sozinho, ou, com uma pequena equipe para desenvolver um jogo. Nesse caso esse profissional precisa de todas as habilidades listadas acima, e também de todo o conhecimento, que vai desde a programação até a venda. Resumindo ele desenvolve um jogo sozinho.


Conhecimento geral sobre jogos é importantíssimo, como desenvolvedor indie você precisa saber do modelo completo de desenvolvimento, saber da programação, da arte, da venda. bem, precisa ser um profissional “foda”.


Principais habilidades: Criatividade, Comunicação, Escrita, Gerência, Inteligência emocional, proatividade, habilidades de liderança;


Então...


Agora, porque eu destaquei essas profissões, simples, você prestou atenção nas habilidades exigidas?


A forbes fez um post onde eles definem as habilidades para o profissional do futuro [2]. Destaquei as profissões no mundo dos jogos que necessitam dessas habilidades.


Adaptação, criatividade, comunicação, capacidade de gerenciar, colaboração, Inteligência emocional.


Profissões que exijam essas habilidades serão as existentes no futuro, por isso, é importante que você esteja nelas.


Há ainda, muitas profissões que englobam a parte de desenvolvimento, coisas como dubladores, profissionais de marketing, suporte, tradutores, e claro, as mais genéricas que toda empresa possui, e nada impede que você ingresse no mercado de jogos através delas.


Usando jogos


Explicando essa área...


Tem gente que desenvolve jogos e vende, e tem gente que usa jogos feitos e ganha dinheiro, são essas “pessoas” que eu abordo nessa área.


Se você não tem interesse em desenvolver jogos, mais quer trabalhar com eles, preste atenção nas profissões a seguir. (Que você talvez conheça).


Jogador profissional



Esse camarada vive um “sonho”, ele é especialista em jogar! Geralmente é especialista em um jogo específico, aqui é como no futebol, você joga muito bem, alguma equipe lhe contrata, e você começa a ganhar para jogar, simples assim.


Esses profissionais são bem pagos se forem bons e estiverem em equipes grandes, mais em geral muitos não sobrevivem só com o exercício da profissão.


Porém, o mercado está crescendo e oportunidades melhores podem surgir, no Brasil por exemplo a Sportv transmite campeonatos de videogames, e muitas empresas investem em equipes nesse campo como, a Samsung, Red Bull, e até o Flamengo já colocou um pé nesse mercado.


E aí? Você é bom em algum jogo?


Habilidades para essa profissão incluem criatividade, comunicação (dependente do jogo) trabalho em equipe, disciplina e claro ser “foda” no jogo.


Gamer (Stremming)



Esse é muito parecido com o último, aliás, muitos jogadores profissionais primeiramente são Gamers. Esse indivíduo é aquele que um dia resolveu gravar ele mesmo jogando, e colocar suas gravações na internet, as pessoas gostaram e começaram a assistir seu conteúdo, como resultado ele ganha em cima de propagandas ou por assinaturas.


Acho muito pouco provável que você não conheça esse, ele também são chamados muitas vezes de youtubers.


Habilidades necessárias são criatividade, disciplina, proatividade, boas habilidades de relacionamento


Essas profissões estão aqui porque vem crescendo bastante. Eu por exemplo, gosto muito de assistir Streamings, e não perco as finais dos campeonatos de League of Legends, apesar de não acompanhar o esporte fielmente.

Eles crescem principalmente porque trabalham com entretenimento, uma área bastante ampla onde a criatividade reina.


Finalizando


Veja, oportunidade é o que não falta, o lance é buscar o que se quer.


A muito mais do que eu mostro aqui, possibilidades podem surgir de acordo com o jogo a ser desenvolvido.


Por exemplo, para todos os Assassin’s Creed’s, que é conhecido por misturar momentos históricos reais com ficção, é necessário historiadores para verificar se a história do jogo está de acordo com a história real.


Mas devo dizer que nem tudo são flores, rola muito dinheiro? Rola. Tem muitas oportunidades? Tem. Pessoas têm sucesso neste mercado? Tem. Mais tudo depende de você e do quanto está preparado e disposto. Há também muito fracasso.


Por tanto, é extremamente necessário estar preparado, se você gosta de jogos vale a pena estudar e verificar as chances. Quem sabe você poderá ganhar a vida fazendo o que ama...


Por isso eu o convido a buscar um pouco mais a respeito desse mercado. E descobrir as oportunidades que podem estar esperando por você.


Busque sobre programação de jogos, sobre desenho, animação, melhore sua escrita, crie um canal no youtube, e vá em busca das suas próprias “janelas”.


Caso você ache que outras profissões do universo dos jogos caberiam nesse post, deixe aqui nos comentários, assim espalharemos conhecimento o que é essencial para o desenvolvimento.


Obrigado por ler mais um post e até o próximo.


[1]https://study.com/articles/Game_Designer_Job_Info_and_Requirements_for_Becoming_a_Game_Designer.html

[2]https://www.forbes.com/sites/bernardmarr/2019/04/29/the-10-vital-skills-you-will-need-for-the-future-of-work/#3f3a805a3f5b




Inscreva-se para receber a Newsletter do TechSocial

  • Branca ícone do YouTube
  • branco
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Tumblr
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco RSS Icon

© 2020 por TechSocial. Criado com Wix.com