• Althierfson

Assuma riscos e se prepare para os erros

Atualizado: Mar 8

O que é arriscar? Podemos ver o ato de arriscar como uma tentativa de mudança. Você irá fazer algo que nunca tentou ou que tem pouca experiência. Não arriscar é permanecer na tão conhecida zona de conforto, o lugar que nós conhecemos muito bem e onde temos certeza de quase tudo.


Eu nunca fui muito de arriscar. Eu sempre escutei “fique na escola, tire boas notas e vá para faculdade”. Aos 22 anos eu não tinha arriscado em “nada”, por assim dizer. Meu maior risco foi sair da casa dos meus pais no interior para ir para capital cursar a faculdade. E foi lá onde tive as maiores oportunidades, as chances de arriscar. Tentei entrar no ramo dos jogos casuais, criei um jogo que meus amigos acharam bem legal, mas obter rendimento com ele foi outra história. Este resultado me fez descobrir que, sem uma estratégia marketing, era bem difícil fazer um produto crescer na internet.


E foi lá na “facul” onde tive o acesso (ou onde me apresentaram) as duas oportunidades que atualmente são meus carros chefes. Uma foi um investimento no Marketing Multinível (conteúdo para outro post) e a outra foi esse canal aqui pelo qual vos falo. E onde está o risco nessa história? Sair do meu campo de atuação que era o de ser só estudante da área de ciência da computação, e partir para o empreendedorismo. Eu nunca tinha me imaginado fazendo isso. Eu pensava em ser o engenheiro, um jogador de futebol, ou algum funcionário público que ganhasse bem mas não um empreendedor. Ninguém nunca tinha me dito que isso era uma opção.


Falei esses exemplos para mostrar onde eu arrisquei. Mas para você pode ser diferente, como viajar sozinho, abrir um mercadinho, estudar algo novo ou aceitar uma promoção no trabalho que te dará mais responsabilidades.

Ir para fora da zona de conforto assusta. Eu tive medo de apostar nas oportunidades que apareceram para mim. Pra falar a verdade, eu nem sabia na época que poderiam ser “oportunidades”, tive que pensar e refletir para agarrar a chance. E, mesmo assim, o coração bateu forte na hora de dizer sim. Porque? Por que eu tinha algo a perder. Na época era meu suado dinheiro do estágio, e meu tempo. Além disso, o fato de ser uma área desconhecida para mim. Mas arriscar é isso! É você ter algo a perder, algo a temer ou algo a tentar. Se você soubesse de todos os possíveis resultados não seria arriscar seria escolher. Quando você já sabe de todos os finais da história, é só escolher o melhor. Mas a realidade não é assim, não é?


“O único homem que está isento de erros é aquele que não arrisca acertar” (Albert einstein)


A insegurança vai fazer parte da tomada de decisão. Na época de dar o sim para as oportunidades, eu coletei a maior quantidade de dados possíveis. Calculei os possíveis ganhos e as possíveis perdas, avaliei tudo e tomei a decisão. É isso que devemos fazer. É esse “processo” que vai nos dar confiança para a nossa escolha.

Quanto a os erros no caminho? Como não há como prever todos os obstáculos, é tentar sempre fazer as avaliações com o maior número de dados possíveis e tomar as decisões. É comum associarmos o erro como algo vergonhoso e que deve ser escondido, e muitas vezes é “hehehe :)”.


Veja como exemplo minha proposta no Marketing Multinível. Eu convidei muitas pessoas para participarem comigo. Meu erro foi achar que elas iriam ter a mesma visão que eu: enxergariam na proposta uma oportunidade. E quando muitas delas disseram coisas como, “Isso é golpe”, ou “Isso não funciona”. Eu pensei “Putz”, se esses, que são meus amigos, minha família me disseram coisas como essas, como vou convencer as outras pessoas? As que eu tinha certeza que fariam me deram “bolo” e, a minha estratégia de crescer com elas caiu por terra. Uma estratégia que considero amadora agora, mas eu era novato (ainda sou pra falar a verdade), então dá um tempo, né! Hoje continuo no negócio e cresci com outras pessoas. Não é ainda um sonho maravilhoso mas um dia vai ser. Os erros devem ser vistos como mais um resultado. Como algo a se avaliar, verificar e apontar para uma nova solução a ser tentada. Encontrar os erros é essencial para que possamos aprimorar as nossas habilidades.


Então ok! Vou sair por aí arriscando em todas as oportunidades! Calma. Claro que não adianta sair por aí arriscando em tudo que aparecer pela frente. Não viu meu exemplo? Uma estratégia mal elaborada resultou em um fracasso. Quando se vai arriscar, uma coisa muito importante deve ser feita: o planejamento. Trace um plano para minimizar riscos e aumentar ganhos. Verifique os possíveis resultados e onde poderão surgir problemas, isso é o que as grandes mentes fazem. Com um plano em mãos você terá mais segurança e confiança para seguir em frente. Será necessário ser resiliente nas falhas. Uma boa forma de evitá-las e o mais comum é seguir quem já trilhou o mesmo caminho.


Pessoas com mais experiência e com mais conhecimento. Isso, com certeza é umas das melhores estratégias que você pode adotar. Isso te poupará muitas dores de cabeça e fará você andar mais rápido. Lembre-se: permaneça “sobre ombros de gigantes”.


Outra dica é, quando for avaliar os erros, seja sincero com você mesmo. Assuma a responsabilidade pelo acontecido e não busque culpados. Você não é perfeito (ao contrário do que seus pais dizem), você vai errar. Quando você não assume suas “cagadas” isso tira o peso das suas costas. Seu cérebro pensa “como não foi minha culpa não há o que fazer, não há o que melhorar e nem o que corrigir.”


Se auto-responsabilizar também é uma característica das grandes mentes. Não é questão de sair por aí se culpando por causa de tudo, não! É sobre ser humilde e assumir as suas atitudes. De ser capaz de olhar e dizer “Putz, fiz merda”. As pessoas gostam de quem assume seu erros, e muitos vão querer até ajudá-lo a corrigir. Pode observar.


Experimente, tenta! Arrisque em uma nova ideia, trace um plano A, um B um C. Mas sem exagero. Você não pode prever todas as situações. Tem gente que planeja, planeja, busca, analisa, e termina perdendo a oportunidade. Haja rápido e consciente. E se falhar já sabe, avalie e tente novamente. Se der certo, comemore! Parabéns! E, novamente, avalie. Não é só no erro que devemos avaliar.




Inscreva-se para receber a Newsletter do TechSocial

  • Branca ícone do YouTube
  • branco
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Tumblr
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco RSS Icon

© 2020 por TechSocial. Criado com Wix.com