Hi-TECH - 11/08 a 17/08/2021


Highlights da semana de 11/08 a 17 de agosto de 2021.


Seção TEMA da semana:


O Taleban e o TechSocial!


Com todo o estardalhaço que a retomada do governo afegão pelo Taleban gerou, achei legal colocar algumas palavras sobre o assunto e tentar explorar algumas conexões.


Afinal, o que um negócio acontecendo do outro lado do mundo pode ter a ver com a nossa vida? Num mundo conectado como o nosso atualmente, onde um vírus tomou conta do globo em algumas semanas? Tudo!


A geopolítica internacional afeta os humores do mercado de forma instantânea e isso reflete no custo do nosso dia a dia em, no máximo, 15 dias, que o tempo médio de giro de estoque do supermercado (chute, tá. Os números que achei não são de uma pesquisa formal).


Há 42 anos, a antiga URSS invadia o Afeganistão numa guerra sangrenta que durou uma década. Na época, foi a oportunidade dos EUA fazerem a URSS sofrer o mesmo pesadelo que eles tiveram no Vietnam anos antes. Então, armaram e treinaram os rebeldes mujahideen para que pudesse infligir o maior dano possível aos soviéticos. Em 1989, com a derrocada soviética, os EUA deram sua tarefa por encerrada e foram embora. Dos antigos rebeldes surgiu o Taleban, que, após uma guerra civil, assumiu o governo do Afeganistão. Em 2001, tivemos o famigerado ataque às Torres Gêmeas e a culpa recaiu sobre o regime Taleban que tinha dado todo o suporte para o então líder da al qaeda, Osama bin Laden, preparasse o ataque. Disso, iniciou-se a invasão americana ao Afeganistão que durou até agora...


Segundo Carlos Gustavo Poggio, professor de Relações Internacionais da FAAP, "Os Estados Unidos cometeram um equívoco e acharam que o inimigo do seu inimigo era seu amigo, e houve grupos que se aproveitaram dessa visão americana um pouco ingênua. Não levaram em conta que o país tem uma lógica tribal e não a de um Estado nacional, organizado segundo o modelo ocidental. Os códigos são distintos”.


E, segundo Sidney Ferreira Leite, doutor em História Social e professor das Faculdades Rio Branco, "Quando olhamos não só para o Afeganistão, que continua tão caótico quanto há 20 anos, mas também para Iraque, Síria e Líbia, vemos o fracasso desse modelo americano de fazer valer sua democracia sobre sociedades que têm forma de organização completamente diferente”.


Depois da revisão histórica e das considerações dos experts sobre geopolítica, o que alguém cujo objetivo é discutir tecnologia e sociedade pode tirar disso tudo?

Uma das coisas, na minha opinião, é o fato de que temos uma cultura com as lentes do preconceito em guarda, vendo o mundo como se só existisse um jeito certo de fazer as coisas, o dela!