Hi-TECH - 20/10 a 26/10/2021


Highlight da semana de 20/10 a 26 de outubro de 2021.


TEMA da semana:


Não se APAIXONE pela sua ideia!


Como assim? O que mais falam por aí é para trabalhar com o que você ama e com paixão, não é?! Pois é, isso também é verdade, já que envolver esses sentimentos no que fazemos nos permite obter excelência sem que isso seja um "peso". Porém, existem situações em que as paixões por certas ideias nos deixam cegos para a realidade.


Trabalhando como consultor técnico em uma incubadora, presenciei algumas situações em que, as ideias colocadas no modelo de negócio, tinham evidentes furos no seu processo de apresentação junto aos clientes. Seja em situações em que, conversas com os potenciais clientes, demonstravam que os problemas resolvidos pela proposta não eram relevantes como se havia imaginado, como na avaliação dos resultados da apresentação de um MVP (Mínimo Produto Viável), assumindo, muitas vezes, o pressuposto que os clientes não entenderam todas as possibilidades trazidas pela solução cogitada durantes as conversas anteriores, que não se mostraram nada promissoras. Diante de situações como essas, a recomendação é pivotar a ideia, mas, em vários casos, a resistência dos proponentes se mostrou ferrenha em continuar tentando. Um claro caso de "paixonite" pela ideia proposta.


A "paixonite" aparece como resultado de um storytelling que fazemos para nós mesmos onde o protagonista é o idealizador da ideia vendo todo o "boom" que a implantação prática de sua ideia gerou no mercado, tanto do ponto de vista da satisfação dos clientes, como dos resultados financeiros. Quem nunca?


Como sabemos, as histórias que tocam as nossas emoções grudam na gente e é muito difícil se livrar deles quando necessário. Mas é preciso! A história pode ser comovente para nós, os criadores da ideia, mas não o é para os clientes, então, é necessário dar voz ao mantra que diz: "não é sobre VOCÊ, é sobre os OUTROS!", e pivotar!


Outra maneira de vermos isso é através da prática do desapego. Muitas pessoas (eu me incluo...) vão estocando tranqueiras ao longo do tempo. Só descobrimos a intensidade desse armazenamento quando temos que fazer uma mudança. Como já um sem-número de mudanças, me acostumei com o evento de ter que desapegar das coisas. Existem coisas com as quais criamos vínculos emocionais e delas é muito doloroso se desapegar. Vivenciei isso quando tive que desmontar a casa dos meus pais depois de mais de 30 anos. Mas aprendi que muitas coisas ainda podem ser muito úteis para muita gente e que é injusto guardá-las. Reservei o ato de guardar somente para aquelas que realmente importavam muito!


A questão da utilidade descrita logo acima, não se aplica às ideias do mesmo modo que se aplica às coisas, mas devemos nos desapegar delas quando vemos que não trarão o impacto que pensávamos junto aos "outros" que queremos ajudar. Um trabalho às vezes difícil, mas que tem que ser praticado a partir do uso da empatia e da compaixão. Usando a empatia para entendermos melhor como os "outros" veem o mundo e a compaixão para direcionar as ideias de soluções considerando o contexto e a cultura dos "outros".


Então, analise o seu ambiente de negócio sempre com a disposição de priorizar o que realmente importa: quem você quer impactar. Fazer isso, significa estar com as ações "pivotar" e "desapegar" ligadas e sempre disponíveis no seu repertório de atitudes.


O TechSocial, com seu conteúdo e serviços, pretende motivar as pessoas, independente de faixa etária e posicionamento na carreira, a encarar o desafio de sobreviver em um mundo BANI (Frágil, Ansioso, Não linear e Incompreensível).


A função do Hilights é mostrar a transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade necessária para navegar no Ambiente 21 (A21), agregando os mais variados assuntos sob vários pontos de vista, para que você perceba as conexões que, muitas vezes, não estão muito a vista.


DESTAQUE da semana (do Canal Telegram TechSocial):

Os Fora de Série (Outliers - Malcolm Gladwell)!


“Acreditamos que trajetórias excepcionais, como a dos gênios que revolucionam o mundo dos negócios, das artes, das ciências e dos esportes, devem-se unicamente ao talento. Mas, o universo das personalidades brilhantes esconde uma lógica muito mais fascinante e complexa do que aparenta.”.


Ou seja, precisamos ter consciência de como a REALIDADE funciona para não sermos destruídos pelas expectativas falsas.


Temos que focar no que está, de fato, sob NOSSO controle e estar atento ao fluxo que o Universo segue...


#StartupSE e #insPIREse!


E, por agora, é só! Um grande abraço e até a próxima semana...




background_techsocial.jpg

Sejá notificado dos lançamentos das novas ConversasTECH! E também das novidades e necessidades no NOVO MUNDO!

Nos Siga nas redes sociais...

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook
  • Twitter
  • Preto Ícone RSS

Obrigado!