Hi-TECH - 23/06 a 29/06/2021


Highlights da semana de 23/06 a 29 de junho de 2021.


TALENTOS Humanos (TH)! Qual o seu TALENTO?


Uma transformação, trazida por esse período maluco chamado pandemia, foi a de como vemos a vida e, por conseguinte, como vemos o trabalho. Nas postagens aqui do TS, comento frequentemente que condensamos uma década de mudanças em pouco mais de um ano e três meses. Uma relação mudança/tempo difícil de digerir e processar.


Começaram a se tornar frequentes as discussões sobre as mudanças nos escritórios, agora com menos gente fisicamente trabalhando, sobre as moradias, agora com mais gente trabalhando e estudando, sobre a adoção de uma vida mais simples, sobre ter um trabalho mais significativo, já que gastamos algo no entorno de 90.000 horas trabalhando, considerando uma vida média de 79 anos...


Antes da pandemia falávamos muito na 4° Revolução Industrial, mas não atentávamos muito para uma mudança na essência do trabalho: para ela, se procuram TALENTOS e não mais conhecimento técnico. Talentos? Deixamos de ter um Departamento de RH para termos um Departamento de TH (Talentos Humanos)? Isso mesmo!


Talento vem do latim “talentum”, cujo significado está relacionado à aptidão para exercer alguma atividade. É sinônimo de “habilidade” e é algo que todos nós temos, mas que precisamos trabalhar para aprimorar e aperfeiçoar ao longo da vida.


Assim, na Indústria 4.0, procuramos pelos talentos que as pessoas possuem e pela capacidade de se envolverem, com afinco, no aprimoramento e aperfeiçoamento deles, ao longo da carreira profissional. As máquinas biológicas, tão necessárias nas revoluções industriais anteriores, deixaram de ser importantes pois estão sendo substituídos pelos algoritmos e robôs com farta vantagem.


Parece como se fosse “de repente” que as coisas mudaram, mas falamos na 4° Revolução Industrial faz bastante tempo. A pandemia deixou isso bem CLARO agora. As necessidades profissionais mudaram e, essas mudanças, vieram para ficar...


Precisamos desenvolver nossos TALENTOS (habilidades) para não ficar à margem do Ambiente do Século 21!


A metodologia Startup YOU, desenvolvida no TechSocial, é um caminho seguro e eficaz para atingir o AUTOCONHECIMENTO e dele, poder conhecer os seus TALENTOS e ter um caminho para aprimorá-los.


O TechSocial, com seu conteúdo e serviços, pretende motivar as pessoas, independente de faixa etária e posicionamento na carreira, a encarar o desafio de sobreviver em um mundo BANI.


A função do Hilights é mostrar a transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade necessária para navegar no Ambiente 21 (A21 - Ambiente do Século 21), agregando os mais variados assuntos sob vários pontos de vista, para que você perceba as conexões que, muitas vezes, não estão muito a vista.


Vai ver... E CONSTRUIR a sua Startup YOU! Por sinal, o TechSocial está com inscrições ABERTAS para uma nova turma da Mentoria Startup YOU.


Clica no logo abaixo e vai lá se inscrever...


Para quem ouviu os executivos dos bancos tradicionais desdenhando das finthecs, em especial do Nubank, a realidade atual mostra que, a velocidade das mudanças do Ambiente 21, não admitem o sentimento de ser intocável. A era digital da agilidade e velocidade veio para ficar, e quem não se adaptar tem um caminho único a seguir: para fora do mercado. O mundo financeiro mudou e vai continuar evoluindo... Vai lá ver...


Seguindo o mote da postagem anterior, continuo falando sobre os novos trends do Ambiente 21... Há bastante tempo tenho trazido links comentando sobre o ESG, e, a pergunta principal é se essa trend vai pegar ou não. O artigo atual traz a discussão sobre uma empresa francesa que realmente se dedica (transparentemente) a fazer o bem, ou seja, a fazer do ESG seu propósito. Muito interessante ver o impacto que esse tipo de empresa (Veolia) pode causar. Seria muito bem-vindo ver a adoção de esquemas semelhantes por muitas outras... Vai lá ver e comentar...


TOP1

Você está SEGURO?

O exponencial aumento das atividades de cyber criminosos assusta!


Uma das coisas que esse crescimento exponencial das atividades digitais e da TD (Transformação Digital) das empresas trouxe à luz, foi a importância de se tratar seriamente as questões de segurança. Uma das coisas que virou corriqueiro foram as notícias de vazamentos. Essa atenção, agora que virou pública e notória, vai fazer um bocado de CIO ficar preocupado. Mas, esses ataques não começaram só agora... Esse artigo conta uma história de 2016 que, por pouco, não causou um desastre de deixa o BC da Índia completamente zerado! Imagina aí, um país ficar sem dinheiro... Vai lá ver que a história rela vale a pena...


Goste você dela ou não, a veia empreendedora inovadora da Anitta é indiscutível. Depois de ser convidada pelo Nubank, ser comentada por vários nomes famosos, influenciadores do empreendedorismo e das finanças na internet (Christiam Barbosa, Nathalia Arcuri, Gustavo Cerbasi e outros...) é bom ver e ouvir (desligando os preconceitos e praticando a audição ativa) o que ela tem a dizer... Vai lá ver e comentar...


No Ambiente 21, a necessidade de se manter atualizado tecnicamente é essencial... Veja quem faz mais...


TOP2

DISPERSÃO?

A tecnologia DIGITAL permitiu aumentar a dispersão, mas trouxe consigo a atrofia da empatia!


Scott Galloway é um daqueles mentores do Vale do Silício que vale a pena ouvir e ler de forma ativa. “Dispersão é a habilidade de distribuir produtos ou serviços sobre uma grande área quando e onde eles mais são necessários, eliminando fricções e custos desnecessários”. A pandemia fez com que essa dispersão, através do digital, se tornasse ampla e irrestrita. Apesar das vantagens, como tudo na vida, existem coisas negativas como a atrofia da empatia... Vale a pena ler...


Saber entender a sopa de letrinhas aderentes ao empreendedorismo, é fundamental para diminuir a probabilidade dos erros de iniciante. Diferenciar patente e registro de marca é a bola da vez... Vai lá ver...


Não adianta ser antiga ou conhecida mundialmente, a pressão pelo ESG está atingindo a todos os nichos e tamanhos de negócios do mercado. Coisa para você também ficar ligado, pois o consumidor está atento e a transparência é a moeda de troca... Vai lá ver...


Um carro autônomo que “não erra” seria mesmo alcançável? Para a startup Lumiar a resposta é sim! Usando o sistema do tipo Lidar, que é baseado em raios de luz não visível que escaneiam tudo o que há em volta do veículo, a Lumiar pretende construir um automóvel autônomo que não se envolve em acidentes... Vai lá ver...


TOP3

CIÊNCIA, você sabe o que é?

Percepção esperta e fatos acurados, a boa base para tomar DECISÕES!


Entender o que é ciência e o que são histórias contadas por engraçadinhos metidos a besta é fundamental. Ter uma noção correta da situação em que nos encontramos no nosso meio é básico para a sobrevivência. A percepção precisa ser esperta e os fatos precisam ser apurados, antes de as decisões serem tomadas. Dá uma olhadinha nessa postagem do Seth Godin... Vai lá...


Essa vem do ótimo livro Como Mentir Com Estatística de Darrell Heff... Veja...

Sampling bias


If you wanted to know who would win an election, then the only reliable (most of the time) way to do that is to ask everyone to vote for real and count them all. Short of doing that, if you want to get an idea who would win you can pick a group that you hope is representative of the whole of the voting population, ask them what they plan to vote instead, and then multiply up to the full group. But it turns out, whenever you ask people things, it's jolly hard to really have confidence in what you're extrapolating up to as all sorts of bias can creep into your sample.


If you ask people what they plan to vote they may lie, they may tell you what they plan to do then change their mind, they may tell you what they think you want to hear depending on who's asking, they may say the first option because it's easiest, and you may ask in the places where it's easy or cheap to do so, or hear from only the people who are happy and not too busy to talk with you.


In the example in the sketch, if you hope to receive responses to your questions by surveys then you get responses from people who happen to not mind doing surveys — from anyone who throws them in the bin you won't receive a single data point.


All of these, and others, can lead to a bias in your sample and at times drawing wholly inaccurate conclusions.



Se alguém ainda tem dúvidas sobre o potencial do Tik Tok como alavancador de vendas e de comportamentos, basta ver o fenômeno do movimento conhecido por Book Tok... Vale a pena ver...


Recentemente, comentei aqui sobre o fim das fronteiras entre nichos de negócios. No comentário, discuti que o efeito disso era que o seu concorrente poderá ser, agora, qualquer um que esteja no ambiente e não apenas quem está no nicho de negócio próximo ao seu. Isso aumenta, exponencialmente, a necessidade de ter uma percepção alargada e sem preconceitos sobre todos os movimentos no seu ambiente 21. Olha aí a Ford entrando para o mercado de locação de carros... Vai lá ver...


TOP4

Empresa SEM escritório. E isso existe?

Existe e é sucesso! Vem conhecer a Hopin...


Que o mundo mudou e que não voltará a ser o mesmo de antes da pandemia isso já é um FATO! Ver um exemplo de uma empresa que nasceu nessa nova perspectiva, sem ter nenhum escritório e com um crescimento exponencial em pouquíssimo tempo, somente no digital, é bem interessante... Vai lá ver...


Já diziam os nossos avós: "faça o bem sem olhar a quem"... Veja...


Interessante ver a distribuição do market share nos smartphones. Reflexão: a quantidade de modelos que a Samsung precisa gerenciar para ter 4% a mais do que a Apple...


TOP5

O som altera os PENSAMENTOS!

Precisamos fazer um profundo LPM sobre o nosso cérebro!


Interessante de mais. Saber como o nosso cérebro funciona é essencial para termos sucesso na vida! Se não fizermos o tal do LPM (Ler a Por* do Manual). nunca seremos capazes de explorar ao máximo o nosso potencial. O TechSocial, em sua Mentoria Startup YOU, fala disso com muita frequência, e é muito IMPORTANTE... Vai lá...


Tratar a sustentabilidade como um valor empresarial é uma estratégia que permite manter o olhar crítico sobre o que deve ser feito no dia a dia para manter a direção certa. Cada caso é um caso, então, observar quem já está fazendo e estudar esse movimento para si próprio, é muito válido. A Renner, por exemplo, criou o Selo Re Moda Responsável para mostrar ao consumidor, como a marca pensa a sustentabilidade. Como o seu negócio pensa em fazer? ... Vai lá ver o jeito da Renner...


Quanto mais o tempo passa, descobrimos mais coisas que mudaram. Esse período inédito de reclusão, seja parcial ou total, nos fez mudar e ressignificar muitas coisas, entre elas o nosso local de vida, nossa casa, nosso bairro, nossa cidade. Antes um pouso para o sono, a casa passou a ser o universo do dia a dia de muitas famílias. Ser agradável e o “walkability”, deixaram de ser opcional para serem mandatórios. A própria cidade passou a ter significado diferente, pois o medo nos faz repensar coisas comuns como ir às ruas de comércio presencial, ou, simplesmente, visitar outras cidades. Precisamos refletir alguns conceitos novos para o nosso viver... Vai lá ver...


Definitivamente os escritórios irão mudar! ... Veja...


E, por agora, é só! Um grande abraço e até a próxima semana...

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo